sexta-feira, 20 de abril de 2012

Uma visita real


No dia 18 de Fevereiro de 1957, Isabel II de Inglaterra visita Portugal. A nação lusa estava ao rubro, com tão histórica visita. Tradicionalmente acolhedores, os portugueses esmeraram-se e engalanaram-se para receber a Rainha de um País historicamente amigo. Esquecido já estava o Ultimato inglês de 1890... Não há palavras que possam conter uma imagem completa, perfeita da histórica manhã (...) o sol, o dourado sol de Portugal não faltou. (...) a Rainha ia desembarcar (...) Eram 11 horas e 05 minutos. O milhão e meio de pessoas que aguardava a Rainha ouviu o sinal do desembarque (...). A rainha contemplou enternecida a beleza do quadro. Do seu rosto, transpareceu humanamente, a grande emoção que a dominava. De vestido de chantum azul royal cintado, um pequeno alfinete de diamantes ao peito, mimoso chapéu da cor do vestido, a sua figura gentilíssima insinuava-se no olhar de todos. A seu lado Filipe de Edimburgo em uniforme de gala de almirante de esquadra (...). Chegou o grande momento. Ágil e graciosa, Sua Majestade, pôs o pé em Portugal (...) foram uns segundos emocionantes. Portugal e Inglaterra como há seis séculos, selavam de novo um pacto sem fim. (Revista Municipal, nº72)
A visita da Rainha de Inglaterra foi a primeira grande reportagem da Rádio Televisão Portuguesa. Quando a rainha chegou, as primeiras imagens foram captadas por uma câmara Payard, pelo jornalista Helder Mendes. Um filme de 1 minuto e 46 segundos, sem som e sem edição, que ficou para a história. Com a colaboração da BBC a cobertura da visita foi integral, tendo chegado até nós este pequeno filme, que resume os 4 dias da recepção portuguesa a Sua Majestade.